Mulher tenta injetar sangue com virus da HIV em criança

criança injeção aids

Criança aparece chorando em meio aos manifestantes alegando ter sido abordada por uma mulher, que queria lhe aplicar uma injeção com sangue  (foto: Rodolfo Lins)

A manifestação de estudantes e professores do Centro Educacional 29 de maio, no bairro do Caju, na manhã desta quinta-feira (5), só foi interrompida após uma criança aparecer chorando, alegando ter sido abordada por uma mulher trajada de branco, querendo lhe aplicar uma injeção com sangue, supostamente contaminado com o vírus da HIV (Aids).

manifestacao1

Não há registros de que a polícia, que estava no local da manifestação, tenha acompanhado os manifestantes na captura à “mulher da seringa”.

A existência desta mulher, uma possível enfermeira portadora do vírus da HIV, já assustou comunidades em várias partes do país e tomou conta das redes sociais por diversas vezes, mas nunca ficou comprovada sua existência.

Se é mais uma “lenda urbana” ou não, em Campos não foi usada para assustar ninguém. Apenas para acabar com um manifestação.

i3notícias / fotos: Rodolfo Lins